29 de dezembro de 2012

Resenha: Presentes da Vida

Autor: Emily Giffin
Editora: Novo Conceito 
Edição: 2012
Numero de Paginas: 383


Darcy Rhone sempre teve todos os homens aos seus pés. Tinha um emprego glamoroso, um seleto círculo de amizades e um noivo perfeito, Dexter Thaler. No entanto, tudo mudou quando Darcy se envolveu com o melhor amigo de seu noivo... Seu noivado acabou e perdeu sua melhor amiga, Rachel. Incapaz de assumir responsabilidades e de enfrentar todo esse mal-estar, Darcy foge para Londres, para a casa de um amigo de infância, imaginando que poderia passar uma borracha em tudo isso. Mas, para seu desânimo, Londres se torna um mundo estranho, onde seus truques de sedução não mais funcionam e onde sua sorte parece ter se evaporado. Sem amigos nem família, Darcy precisa dar novo rumo à sua vida e, assim, começa uma linda trajetória rumo ao crescimento e ao amor.


Presentes da vida é um Spin-off de “O noivo da minha melhor amiga”, e apesar de não ter o lido, em nada atrapalhou minha leitura, pois a história tem trama própria, permitindo a quem não leu o título anterior entender, e quem já leu, não achar mera repetição.

A história começa no ponto onde Darcy, a personagem principal, rompe seu noivado, após decidir assumir seu relacionamento com Marcus, seu padrinho de casamento de quem espera um filho. Então ela procura sua melhor amiga, Rachel, que teve um breve caso com Marcus também, para contar as novidades. Mas ao chegar ao apartamento da amiga, descobre que ela também vinha tendo um caso com seu noivo, ou melhor, ex-noivo, Dex, que por sua vez está escondido dentro armário do quarto. Darcy, a egoísta, não admite tal traição, vendo apenas seu lado como vítima, rompe sua amizade de anos e vai embora enfurecida. Para todas as pessoas que Darcy conta o ocorrido, Dex e Rachel são os vilões, e não aceitando o fato de ter sido “trocada”. Cria dentro de si certa obsessão pelo casal, querendo a todo tempo saber o que se passa com eles. Após os acontecimentos iniciais, enfim, resolve assumir seu romance com Marcus, e tenta seguir sua vida “tranquilamente”, mas percebe que seu relacionamento com ele não passava de pura atração física e resolve romper. Sozinha, grávida e abandonada pela própria família (que não aceitaram sua gravidez), resolve pedir socorro para seu amigo distante Ethan, que mora em Londres, pedindo a ele que a deixe passar alguns dias, apesar de suas verdadeiras intenções serem outras. Darcy vai a Londres para nunca mais voltar, em busca de um recomeço. Apesar de tentar ser uma nova pessoa, Darcy não consegue deixar de ser mesquinha egoísta e pretensiosa, cometendo os mesmos erros de sempre, até que seu amigo Ethan lhe abre os olhos dizendo em sua cara tudo o que ele pensa e sente a respeito dela. E isso meche muito Darcy. Decidindo assim buscar uma verdadeira mudança.

Emily Giffin mais uma vez cria uma trama envolvente, que traz como pano de fundo, problemas do cotidiano, que muitas vezes deixamos passar despercebidos. Até o momento só havia lido da autora “Questões do Coração”, que julguei ser um dos melhores livros românticos dos últimos tempos, mas “Presentes da vida”, supera. Talvez pela liberdade e capacidade que a autora teve em trabalhar e desenvolver a personagem Darcy, ela é totalmente maleável a todas as situações da trama, uma personagem intensa e profunda.

 De leitura fácil e rápida, a escrita da autora está mais rebuscada do que nunca, uma história fantástica. Não é a toa que Giffin é um Best-seller.

Vale atenção a forma como amizade e amor é debatido. E a devida importância que se deve dar a cada um.

Presentes da Vida, não é apenas um romance de “mulherzinha”, e sim a uma história aonde o leitor encontrara alegrias, tristezas, humor, amor e principalmente perdão. Onde toda a simplicidade da vida se torna o bem mais precioso que um ser humano possa querer ter. 

Nota: (4,5)





9 comentários:

  1. Gente! Só eu que sou fã das resenhas do Felipe?!? HAHA Muito bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahahahahahahaahahahahahah Murilo, são seus olhos shauhsaushaushaush

      Excluir
  2. Também adorei a resenha, muito bem elaborada. Parabéns Felipe.:)Fiquei com bastante vontade de ler o livro, apesar deste não ser meu gênero preferido.rs

    ResponderExcluir
  3. Gente eu amo tanto esse livro! ç2' Sou apaixonada por essa escritora! ;]]
    A resenha ficou ótima!! Parabéns Felipe...
    Beijos ;**
    Contos Doces!

    ResponderExcluir
  4. Awwn! Que resenha maravilhosa Felipe! Tenho muita vontade de ler este livro, muita mesmo. Parabéns pela resenha!

    Eu sei que o Murilo segue o Foolish, hoje venho convidar você, Felipe, a segui-lo também *-*
    http://foolishhappy.blogspot.com.br/
    Xoxo

    ResponderExcluir
  5. Gostei demais desse livro! O crescimento da personagem foi emocionante.
    Parabéns pela resenha.
    Beijo
    Meus livros, minha história
    @Blogmeuslivros

    ResponderExcluir